O NOSSO GRUPO

O Grupo CIC foi criado em 1991 em Genebra e Houston. Iniciámos a actividade como uma companhia de trading tradicional, comprando em base FOB e vendendo em base C&F. A nossa especialidade era o arroz, açúcar, trigo, milho, farinha de soja e farinha de peixe. Os nossos destinos preferenciais eram a África e o Médio Oriente.

O nosso Grupo também investiu em unidades de processamento de arroz em Espanha, e em fábricas de torrefacção e embalagem de frutos secos em França. Os principais clientes destas operações eram as grandes cadeias de supermercados da Europa.

Em meados dos anos 90, sob pressão das organizações internacionais, a maioria dos países de destino dos nossos produtos, iniciou a liberalização dos mercados, e os organismos governamentais de compras foram gradualmente substituídos por importadores privados. Constatámos que em muitos desses países havia necessidade da existência de uma companhia com capacidade financeira que pudesse assegurar aos grossistas locais o fornecimento atempado e com qualidade garantida. Decidimos então estabelecer as nossas próprias subsidiárias nos diversos destinos e actuar como importadores. Esta decisão foi tomada também porque acreditávamos que sermos importadores asseguraria melhor o futuro do nosso grupo. Era nossa opinião que o comércio internacional se iria tornar cada vez mais difícil, com uma significativa redução das margens devido à concorrência e às comunicações cada vez mais disponíveis.

Foi por este motivo que decidimos constituir uma rede de empresas em África: em Cabo Verde, Gana, Costa do Marfim, Mali, Moçambique, Níger e Senegal. Estas companhias destinavam-se a actuar como importadores locais e distribuidores para os grossistas nacionais. Não nos envolvemos no mercado retalhista, com excepção de Cabo Verde, onde as condições de mercado o exigiam.

Tentámos reforçar os nossos esforços de importação e distribuição através da construção, compra ou aluguer a longo prazo, de armazéns em cada um dos países onde o nosso grupo de empresas actua.
A nossa política empresarial determina que não contratemos pessoal expatriado para os nossos escritórios que são, na realidade, geridos por nacionais de cada país.
Durante este período empreendemos também um esforço para reforçar as nossas fontes de fornecimento, efectuando alianças com os nossos fornecedores, na forma de parcerias ou acordos financeiros especiais, a fim de lhes permitir tirar melhor partido de preços mais baixos durante a época das colheitas.
O nosso objectivo tem sido promover a imagem das nossas diversas marcas, que apresentam a melhor qualidade e embalagem disponíveis no mercado, com preços competitivos. Temos um cuidado muito especial com a qualidade de todos os nossos produtos, insistindo em especificações de qualidade e embalagem que são próprios da nossa Companhia.
Ao longo dos anos retirámo-nos do processamento de arroz e do negócio de frutos secos devido ao seu fraco retorno e ao grande investimento que necessitavam.
O nosso objectivo é continuar a expandir a nossa rede na África Ocidental e Oriental e continuar a oferecer aos mercados uma vasta gama de produtos, mas tendo sempre presente que o nosso principal sector de actividade é o dos produtos alimentares.